STIFA

Histórico

 

Breve Histórico do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias do Fumo e Alimentação de Santa Cruz do Sul e Região - RS.

Em 1948, um grupo de empregados da Companhia Brasileira de Fumos em Folha, hoje Souza Cruz SA, fundou a Associação Profissional dos Trabalhadores nas Indústrias do Fumo. Foi esse grupo que, em 15 de outubro de 1948, recebeu a representatividade de Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias do Fumo de Santa Cruz do Sul. Um dia de festa para os fundadores Alois Richard Andraschko, Arthur Luiz Seibert, Osvino Hermes, Guilherme Steinhaus, José Vicente Gomes e Magdalena Sins, e tantos outros que já faziam parte da associação.

O reconhecimento sindical deu-se por intermédio de uma carta expedida pelo Ministério do Trabalho e trazida ao município pelo próprio presidente da Federação dos Trabalhadores nas Indústrias da Alimentação do Rio Grande do Sul, Manuel Tavares. Nessa data tomou posse a primeira diretoria, composta pelo presidente Hugo Guilherme Müller, secretário Francisco Belmiro de Matto Topin Filho e tesoureiro Oscar Carlos Trarbach. Desde então, o Sindicato passou a ter representatividade junto a Federação.

A primeira sede do Sindicato foi alugada em setembro de 1949. A sala localizava-se na Marechal Floriano nº 895, na cidade de Santa Cruz do Sul - RS. Um ano depois se elegeu uma nova diretoria, que estendeu suas atividades até 1953. Sob a presidência de Hugo Guilherme Müller era composta pela equipe: Oscar Trarbach, Carlos Frederico Knabach, Mário Guilherme Klíemann, Theodoro Hagemann, Guido Melchiors, Fredolino Martin, Oscar Kath, Alcino Lauer, João Meurer, Armindo Haas e Luiz Alberto Backes.

Para o biênio 53/55 houve troca de presidência, que passou a ser exercida por Guido Melchiors. Nesse período houve a participação no lº Congresso Brasileiro da Previdência Social. Realizado em junho de 53, no Rio de Janeiro, o evento contou com a presença do sindicalista santa-cruzense Oscar Coutinho. Foi também em 53 que o sindicato trocou de sede, atuando a partir de então na Marechal Floriano nº 946.

Em outubro de 1955, o sindicato, já sob nova diretoria, foi representado por Mário Kliemann no Encontro Estadual de Entidades Sindicais do Rio Grande do Sul. Na liderança do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias do Fumo de Santa Cruz do Sul estava Elíbio Seibel, que permaneceu no cargo até 1957.

A partir de 1957 e por mais 18 anos, Roberto Adolfo Hartungs exerceria a presidência do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias do Fumo de Santa Cruz do Sul. Algumas modificações importantes aconteceram neste período. A autorização, em Assembléia Geral Extraordinária - em dezembro de 1957 - da compra de um terreno para a construção da sede própria e a iniciativa da diretoria em ampliar a atuação do sindicato junto aos trabalhadores do município e da região são exemplos de uma diretoria que não passou em branco na história destes 50 anos.

A denominação Sindicato dos Trabalhadores da Indústria da Alimentação de Santa Cruz do Sul foi instituída em 1959, quando passou a atender não só os profissionais do fumo, mas também das demais empresas do setor de alimentação. Antes da construção da sede própria, efetivada somente em 1965, o sindicato mudou para um prédio na Rua Carlos Treim Filho, 1658.

Além da preocupação de se ter um espaço mais adequado à prestação de serviços ao trabalhador, o sindicato se envolveu na qualificação de seus profissionais. Com este objetivo, Hartungs, em 1961, participou do Curso de Formação Sindical, com duração de três meses, nos Estados Unidos. Outro passo importante iniciado nesse período se deu na assembléia do dia 18 de outubro de 1963, em que se discutiu a finalidade de fundação da Federação Nacional dos Trabalhadores na Indústria do Fumo. O movimento de fundação foi realizado em conjunto com os demais sindicatos do setor fumageiro do país e tornou-se realidade apenas em 1992, 29 anos mais tarde.

Em 1969, a diretoria do sindicato obteve a aprovação para efetuar um empréstimo junto ao Instituto Americano para o Desenvolvimento do Sindicalismo Livre (Iadesil) para a ampliação da sede própria localizada na Rua Fernando Abott esquina com a antiga Rua Rodrigues Alves, atualmente denominada de Rua Roberto Hartungs. No início da década de 70, Sindicato dos Trabalhadores da Indústria da Alimentação passou a prestar assistência médica e odontológica junto aos demais sindicatos de Santa Cruz do Sul. O serviço foi oferecido após o fechamento de um convênio com o então Instituto Nacional de Previdência Social (INPS).

Em março de 71, ainda sob a liderança de Hartungs, o sindicato teve sua base territorial estendida aos municípios de Vera Cruz (que permanece ainda hoje) e Venâncio Aires (que criou base própria posteriormente). Logo após o início da administração da diretoria para o biênio 75/78, em setembro de 1975, faleceu Roberto Hartungs, assumindo, com a renúncia do secretário Lauro Brauch, o tesoureiro Günther Jaeger. Sua liderança frente à diretoria se estendeu até 1981, quando Dorval Knak passou a presidir a entidade até 05/96.

No dia 11 de maio de 1983, Dorval Knak tomou posse como delegado representante junto à Confederação Nacional dos Trabalhadores da Indústria. Neste mesmo mês o sindicato assinou um contrato de empréstimo junto à Caixa Econômica Federal - através do Fundo de Apoio Social (FAS) - para a viabilização da aquisição de móveis e equipamentos e ampliação da sede própria. Após a conclusão das obras, em 6 de outubro de 1984 foi realizada a cerimônia de inauguração no auditório do novo prédio. Autoridades locais e estaduais se fizeram presentes e um amplo espaço físico foi apresentado aos convidados.

Atendendo a 2.950 trabalhadores associados, o Stifa teve seu problema de espaço físico resolvido e novas instalações foram somadas a antiga sede. Além do auditório, passou a oferecer um salão de festas, duas salas de cursos, uma sala de reuniões, três consultórios médicos, um consultório odontológico, um gabinete para o presidente, três salas de espera e uma farmácia. A estrutura constituiu-se de 1.097 metros quadrados, sendo 759 m2 da construção nova e 338 m2 da antiga. Houve ainda a recuperação da parte onde já estavam sendo prestados os atendimentos. O corte da fita inaugural foi realizado pelo prefeito da época, Armando Wink, e pelo presidente do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias do Fumo e Alimentação de Santa Cruz do Sul e Região, Dorval Knak.

 

Convênios

Cadastre-se na News

Mapa Turístico

 

Tel/Fax: (51)3056-2575 | e-mail: stifa@stifa.org.br
Rua Fernando Abott, 1212 | Senai | CEP: 96845-858 | Santa Cruz do Sul | RS

Desenvolvido por Valoriza Web